26 de jul de 2011

O QUE FALAM DA LEI DOS 20% DE QUADRINHO NACIONAL?


PARTICIPE!
Fale voce tambem...
Envie seu e-mail para Worney e Patricia:
produtoraculturalwaz@yahoo.com.br, patricia.rubin@camara.gov.br

BIRA DANTAS
biradantas@globo.com
(Chargista, caricaturista, cartunista e ilustrador)
Acho que toda iniciativa e' sempre bem vinda. Mesmo publicando meus Quadrinhos pela editora Escala Educacional (que publica 100% de Quadrinho Nacional), acho importante uma Lei como essa que levanta a discussão na categoria. Varias editoras talvez publiquem estes 20% ou perto disso, o importante e' levantar a discussão e criar a Lei para regulamentar isso. Podemos notar que na historia recente do Brasil, nomes de batalhadores do Quadrinho brasileiro surgiram em grandes embates em meios públicos e parlamentares. Alem da possibilidade de desdobramento em outras áreas de produção cultural, como escreveu o cartunista gaúcho Byrata:
http://byrata.blogspot.com/2011/01/30-de-janeiro-e-o-dia-nacional-das.html
"Na década de 50 criou-se uma cooperativa de desenhistas e argumentistas de Histórias em Quadrinhos em Porto Alegre, que contou com o apoio do (então) Governador Leonel Brizola e do Presidente Jango Goulart que estimulou a criação de uma lei que estabelecia certa reserva na publicação de HQs no país (...), para tantas histórias estrangeiras publicadas deveria haver outras tantas HQs brasileiras. A CETPA- Cooperativa e Editora de Trabalho, foi responsável pela produção de várias HQs nacionais, entre elas “SEPÉ” e “ABA LARGA”, que acabou gerando um filme longa metragem, rodado em Santa Maria (RS)."
Assim como no Sul, em São Paulo houve uma discussão grande sobre Leis (como a do então deputado "Chapeu de Couro") que beneficiassem este mercado. Despontaram nessas lutas (pelo desenvolvimento de produtores, editores e leitores do Quadrinho nacional) nomes como Julio Shimamoto, Ely Barbosa, Jayme Cortez, Flavio Colin, Mauricio de Souza, Franco de Rosa, Gualberto, Jal, Worney e tantos outros, como podemos ver nestas entrevistas com Goncalo Jr, Jal e na Wikipedia:
http://www.oocities.org/br/ademirdepaula/goncalo.html
http://www.meuheroi.com.br/entrevistas/300-entrevista-jal-o-criador-do-premio-hqmix.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/História_em_quadrinhos_no_Brasil
Ou seja, sempre que tem debate publico, os quadrinhistas se fortalecem, o mercado se engrandece e o publico leitor recebe mais Quadrinhos, com mais qualidade.
Isso ja' e' motivo para apoiar o Projeto de Lei 6060/2009, nas mãos do relator, o Deputado Federal Rui Costa (PT/BA).

EDERSON CHRISTIAN ANTONIO
edersondesigner@yahoo.com.br
(Caricaturista e ilustrador)
"Achei muito interessante e de grande valia o projeto, acho que vai gerar muito mais oportunidades para os artistas nacionais.
Um grande abraço!!!"
http://www.edersondesigner.blogspot.com

ELMANO SILVA
krahosilas@ig.com.br
(Quadrinhista)
"Qualquer projeto que possa "desenferrujar" a inexistente quota de
produção de HQs.nacional, será um bom começo.
Que não fique somento em
projetos, como tudo neste Brasil desgovernado."
http://pt.wikipedia.org/wiki/Elmano_Silva
http://pt-pt.facebook.com/people/Elmano-Silva/1009463516

MICHELLE RAMOS
zinebrasil@gmail.com
(Roteirista, editora, pesquisadora e crítica de quadrinhos)
Otima noticia Bira ;)
http://zinebrasil.wordpress.com
http://twitter.com/michelle_ramos

XALBERTO
xalba1@hotmail.com
(Chargista e Quadrinhista)
"Bacana, Bira!
Parabéns pela iniciativa, Worney! Vamos ver se agora a nave decola!
Abraços!"
http://www.guiadosquadrinhos.com/artistabio.aspx?cod_art=1400
http://pt.wikipedia.org/wiki/Xalberto

MORETTI
fernanmoretti@gmail.com
(Jornalista e cartunista)
"Projeto de Lei 6060/2009 - Câmara dos Deputados
Pessoal, o Worney recebeu essa correspondência do gabinete do deputado Vicentinho, sobre a Lei (em PDF, no anexo) de Cota de 20% de Quadrinho Nacional para editoras.
Leiam, discutam e enviem suas opiniões para o e-mail do Worney, vamos ver o que a categoria acha do assunto...
Abracos"
http://www.morcegolivre.vet.br/stevao_2004.html
http://maurinemoretti.110mb.com/archives/cat_chargesmoretti.html

RICE ARAUJO:
ricearaujo@gmail.com
(Cartunista e tirista)
"Oi, Bira.
Acabo de ler o projeto de lei sobre os 20% de reserva para hqs e tiras
nacionais que o Mastrotti me enviou e respondi para o Worney.
A princípio sou bem favorável a existência de reserva de mercado para
HQs e tiras, a exemplo de outros países e de outras áreas como o
cinema.
Tenho algumas dúvidas sobre a qualidade do que será publicado a partir
do momento em que as editoras sejam obrigadas a contratar
profissionais ao invés de meramente licenciar produções oferecidas a
preços muito atraentes pelos sindicates mas... como o produtor de
quadrinho nacional não é dos mais caros do mundo acho que será um
fomento interessante e que dará bons frutos.
Quanto as tiras achei a lei mais agressiva e positiva exigindo uma
cota de 50% para os tiristas nacionais. Muito provavelmente o que
acontecerá é que ao invés de haver uma entrada maciça de novos
tiristas no mercado, os tiristas já consagrados ampliem seus mercados.
Mas mesmo assim abrirá espaço para alguns novos autores certamente,
por isso me parece bom apoiarmos a iniciativa sim.
Se houver alguma discussão sobre o assunto e articulações nesse
sentido gostaria de engrossar o coro.
Conheça um pouco do meu trabalho em:"
http://www.brazilcartoon.com.br/blog/ricearaujo/galeria/656

FE VITTI:
fevitti@yahoo.com.br
(Ilustrador associado à ABIPRO)
"Olá Bira, tudo bem?
Tenho acompanhado meio de longe a movimentação da AQC acerca do projeto de lei para incentivo a produção de HQs, criando uma reserva de mercado nacional.
Faço parte da diretoria da ABIPRO (Associação Brasileira de Ilustradores Profissionais), que acredito que você já deva ter conhecido.
Nós defendemos qualquer iniciativa que fortaleça as artes visuais junto ao governo e essa também é interessante para todos.
No que precisar, estamos a disposição para fazer mais voz.
Abraços"
Estúdio Tris
http://www.estudiotris.com.br/
http://www.fvitti.blogspot.com
http://www.ilustracaodigital.com