25 de set de 2012

FAMÍLIA PORTELA NA ATIVA

WATSON Pra quem tem mais de 40 anos, os nomes dos irmãos Wilde e Watson Portella não saem da cabeça. Ambos povoaram os gibis das bancas brasileiras das décadas de 70 a 90. Wilde criou e escreveu roteiros do western Chet. Watson desenhou Chet, Trapalhões (Bloch e Abril), Gugu, He-man e muitos outros títulos da Abril. Publicou inúmeras revistas de Ficção (como Paralelas) pela Press, Maciota e outras editoras. Neste blog é possível ver muitas capas de revistas. http://estudiorafelipe.blogspot.com.br/2011/11/paralelas-watson-portela-o-bad-boy-dos.html
O DIA EM QUE WATSON QUASE PAROU http://tonyfernandespegasus.blogspot.com.br/2012/02/entrevista-com-mauro-desenhista.html Ele foi entrevistado pelo editor e quadrinhista Tony Fernandes: - Eu tava aprontando uma HQ como despedida dessa profissão! Não tinha a menor vontade de voltar! Tinha escrito um texto, dando bye bye aos leitores, etc e tal. Mas o Rafael achou que era cedo pra isso! Torrou minha paciência com muita insistência! Nessa, ele se prontificou a ser o meu agente... Ri, porque não acreditei que conseguisse alguma coisa e selei um acordo com ele, disse: “Vou te dar um tempo, se até lá não conseguir nada eu paro, sem despedida! “E se eu conseguir?” perguntou ele. Fiquei em silêncio... Acho que subestimei o meu filho ... Ele quebrou a cara no início, mas aprendeu rápido e veio com um contrato! Então, assinei a procuração, e legalizamos oficialmente sua função como meurepresentante. Ele cuidou de tudo! No momento estou trabalhando numa Graphic Novel infantil. Essa linha de trabalho tem todo um sistema que exige mais tempo que as HQs que costumo fazer. Desse lance, o Rafael cuida!
Para ler entrevista publicada na revista Spektro da Editora Maciota, clique aqui: http://www.angelfire.com/zine2/paralelas/materia01.htm
WILDE E O WESTERN BRASILEIRO Depois de ter artistas como Eduardo Vetillo, Ofeliano, Antonino Homobono, Balieiro e Watson Portela e editores como Otacilio Assunção, Wilde volta ao mercado com Chet. Wilde foi entrevistado por Jose Carlos Benfica para o Blog do TEX em Portugal: http://texwillerblog.com/wordpress/?p=22646
WILDE E VETILLO Você imagina o que acontece quando duas lendas vivas da HQ brasileira se encontram na internet? Vetillo e Wilde, parceiros de Chet, um dos ícones dos Quadrinhos de Faroeste no Brasil, não se falavam há 20 anos. O Facebook foi palco de uma verdadeira epopéia entre Gigantes. De um lado (em Olinda), o mestre das letras e da narrativa quadrinhística. De outro (em Campinas/SP), o mestre do traço no bico-de-pena, das pinceladas aquareladas, dos desenhos enquadrados. No meio, um reles mortal com mania de vislumbrar sonhos. Ulisses, tentando achar o caminho de casa, perdido no oceano, maravilhado com Gigantes Olímpicos, monstros e sereias. Como cantou Gil ”fazendo uma jangada de gigabytes, pra navegar nas ondas deste informar, aproveitando a vazante da info-maré”. Leia aqui: http://www.bigorna.net/index.php?secao=birazine&id=1286124127
CHET http://blogdochet.blogspot.com.br/ http://frequenciaglobal.blogspot.com.br/2012/02/preview-chet-escrito-na-areia.html Publicado nos anos 80 pela editora Vecchi, Chet voltou pela Ink Blood Comics (Chet Especial 30 Anos, 2010). Esse novo Chet ficou nas mãos de Cidglei Vantroba (arte), Fábio Chibilski, Wilde Portella (roteiro) e Jorge Magalhães (conto original). O gibi em formatinho tem 56 páginas, miolo p/b, capa colorida. http://hqpoint.blogspot.com.br/2010/11/chet-esta-de-volta.html
CHET INFANTIL Wilde acaba de lançar a linha "Kids" de seu personagem. Uma boa forma de apresentar seus personagens para a petizada!
LAMPIÃO Roteiro de Wilde Portella, capa de Antonio Lima (A-Lima), que também desenha a primeira história. A segunda é do Paulo José.
FEIRAS DE LITERATURA "Caminhos da Leitura" (Feira do Livro de Casimiro de Abreu) aconteceu em agosto de 2012, em Barra de São João. O Projeto de Leitura "Quadrinhos e Literatura na Escola" contou com Wilde, Antonio Lima, Augusto Minighitti e Marcia Kanitz.
WILDE NO FESTIVAL DO LIVRO Sandro Marcelo (Ladino) "Participou também em setembro, do bombástico 1º Festival Nacional do Livro, da Literatura e da Leitura no Parque 13 de Maio! O evento (que reuniu vários autores e promoveu oficinas, inclusive de quadrinhos) foi organizado pela CEL Editora e Casa dos Escritores. O Festival homenageou o escritor e jornalista pernambucano Raimundo Carrero, profissional de rádio, televisão e no Diário de Pernambuco.
A revista de faroeste do Chet chegou a vender 80.000 exemplares por mês! Além deste ilustre homenageado, teremos o lançamento do álbum Lampião - Episódios da Vida de Um Cangaceiro. Trata-se de uma obra em quadrinhos do jornalista Wilde Portela, criador entre outros personagens dos cowboy Chet para a extinta editora Vecchi. A obra, com desenhos de Antonio Lima (desenhista de Capitão R.E.D. e das novas edições de Chet pela Ink Blood Comics) será lançada no Festival e estará disponível para a venda! A nova revista do Chet pela Ink Blood Comics Maiores informações sobre o Festival e sobre o lançamento do álbum de Wilde Portela podem ser conferidas aqui: http://www.facebook.com/pages/CEL-editora/338560052882090
RAFAEL PORTELA NO PERNAMBUCO NERD http://www.pernambuconerd.com/?p=12103 "No episódio de hoje, Rafael (El Loco), Sandro (Ladino) e Ary (O Desculpado) batem um papo histórico com a magnífica formiguinha (como ele mesmo se define) WATSON PORTELA e seu filho, pupilo e agente RAFAEL (The Wall) PORTELA !!! Esta foi uma das entrevistas mais bacanas que já fizemos e fica um agradecimento especial ao mestre do detalhismo nos quadinhos Watson Portela por ter atendido ao nosso convite! Watson conta um pouco de sua tragerótia no mundo dos quadrinhos em editoras nacionais e conta sobre casos onde suas obras saíram do país sem o seu conhecimento! Saiba mais sobre esta pessoa que trabalhou em todos os setores dos quadrinhos e defendeu o a sua maneira a 9ª arte com muito nanquim e café durante noites e mais noites de sua vida. Watson trabalhou desde as capas dos quadinhos da Marvel e DC, passando por contos eróticos, Os Trapalhões, He-Man e muito mais! Hoje, dificilmente temos um trabalho genial e com a riqueza de detalhes que apenas o mestre Watson fazia questão de ilustrar. A complexidade de seus traços foram uma grande fonte de inspiração e de estudo para muitos desenhistas e ilustradores que hoje estão no mercado nacional e até mesmo no mercado internacional."
FANZINE EM FAMÍLIA (Marco Muller) "Outro interessante fanzine de anos oitenta, produzido pela família Portela, e a turma é grande, Wilde, Watson, Wahyta, Tête [Fafá Jaepelt], Wavson e André, claro que o mais conhecido, até pela história nos quadrinhos é Watson Portela, desenhista de traço preciso, roteiros inusitados e ideias inovadoras para geração de então, me lembro de garoto, sonhar, viajar e querer refazer seus desenhos, o artista que mais me identifiquei em todos os sentidos. Uma época explosiva de revistas nacionais nas bancas, não perdia nada, comprava qualquer coisa que levasse seu nome - tamanho entusiasmo e idolatria. Hoje em dia não sei mais por onde, mas, lembro e guardo comigo todos seus trabalhos com a mesma emoção de trinta anos atrás. Clique para fazer o download do fanzine na íntegra:" http://omundodemarco.blogspot.com.br/2011/05/fanzines-gang-portela-e-outro.html