22 de jan de 2017

“Ryotiras - Um pouco de cada” inaugura linha de humor da Editora Draco




Fazendo parte da nova linha de humor da Editora Draco, “Ryotiras - Um pouco de cada” é um verdadeiro marco na história do cartunista mineiro Ricardo Tokumoto (MAD, Starmind), o serelepe Ryot, que reuniu suas tiras inéditas nesse livro. Nas palavras do autor, “apesar de adorar a experiência virtual, lançar um quadrinho impresso é sempre satisfatório e energizante. É como atravessar uma faixa de chegada em uma longa maratona.”


Após 10 anos produzindo quadrinhos diariamente, Ryot nem imaginava que havia produzido mais de 3 mil tirinhas. Nesse meio tempo, seu estilo bebeu dos mais diversos estilos de humor, mas sempre preservando uma veia crítica social, que ele manteve desde os tempos dos zines punk. Hoje podemos dizer que seu estilo mescla cotidiano e exageros surreais com as boas e velhas cutucadas sociais.


Haverá um evento de lançamento no dia 28 de janeiro, durante as festividades do Dia do Quadrinho Nacional, no Centro de Referência da Juventude em Belo Horizonte, Minas Gerais. Mais informações no blog da Draco.


Com edição de Raphael Fernandes, ex-editor da revista MAD e editor de quadrinhos da Draco, este volume de Ryotiras inaugura uma nova fase para a editora. “Queremos cada vez mais ampliar as nossas publicações, sempre procurando títulos originais e que possam se tornar séries exclusivas da Draco. Além do humor, também pretendemos flertar com outros gêneros”, comenta o editor.


Já estão programados quatro livros da linha de humor da Editora Draco e o próximo será uma coletânea reunindo os principais quadrinhos e tirinhas de Raphael Salimena.


“Ryotiras - Um pouco de cada” tem 116 páginas coloridas, formato 19,6cm x 20,6cm, capa cartonada e custa R$ 39,90. Disponível em pré-venda nas principais livrarias e lojas especializadas, confira aqui onde comprar.

Sobre o autor:
Ricardo Yoshio Okama Tokumoto, ou Ryot, nasceu em 1986 na cidade de Limeira, interior de São Paulo. Mudou-se pra Belo Horizonte em 2006 e cursou a faculdade de Belas Artes na UFMG, com bacharelado em Cinema de Animação. É responsável pelo site ryotiras.com, além de fazer quadrinhos pra revista MAD e outras publicações esporádicas. Faz parte do coletivo Pandemônio e também trabalha como ilustrador em vários setores, principalmente na área de Livros Infantis.

Link do site:

19 de jan de 2017

E OS PREMIADOS NO TROFÉU ANGELO AGOSTINI SÃO...

Melhor desenhista: Mariana Cagnin ("Black Silence")
Melhor roteirista: Alex Mir ("Segundo tempo", editora Draco)
Melhor cartunista: Guabiras (Jornal O povo - Fortaleza CE)
Melhor lançamento: "Spectrus, paralisia do sono" (Thiago Spyked, Ed. Crás)
Melhor lançamento independente: "Protocolo, a ordem" (vários autores)
Melhor WEB Quadrinho: "Marco e seus amigos" (Tako X e Alessandra Freitas)
Melhor Fanzine: "Café ilustrado" (Thina Curtis e Fabi Menassi)
Prêmio Jayme Cortez: Ivan Freitas Da Costa (Chiaroscuro Studios)
Mestres: Arthur Garcia, Gualberto Costa, Sérgio Graciano e Sidnei L. Salustre

33º PRÊMIO ANGELO AGOSTINI

Prêmio homenageia os destaques do quadrinho nacional do ano de 2016 e reúne profissionais e amantes da arte sequencial para comemorar o Dia do Quadrinho Nacional
No sábado, 28 de janeiro de 2017, a partir das 13 horas, os fãs e admiradores das histórias em quadrinhos poderão acompanhar a entrega do 33º Troféu Angelo Agostini, no Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana. Com entrada gratuita, o evento terá exposição de quadrinhos, vendas de HQs independentes, caricaturas ao vivo, debate sobre os quadrinhos Argentinos e lançamentos de livros da editora Criativo.
Serão doze premiados em nove categorias escolhidos por meio da votação realizada entre profissionais da área, estudiosos, amadores, aficionados pelos quadrinhos nacionais e público em geral para as categorias de: Melhor Desenhista; Melhor Roteirista; Melhor Cartunista; Melhor Lançamento; Melhor Lançamento Independente; Melhor Fanzine; e também o Troféu Jayme Cortez – que destaca grande contribuição ao quadrinho nacional, podendo ser artistas, entidades, eventos, manifestações ou organizações. Para finalizar, a categoria Mestres do Quadrinho Nacional – que homenageia artistas que tenham se dedicado aos quadrinhos há pelo menos 25 anos, e que este ano serão escolhidos pela comissão organizadora do Prêmio. Além da premiação para os artistas nacionais que se destacaram em 2016 com votação aberta ao público, o evento marca a abertura da exposição “Historieta Histórica Argentina-Brasil”, que reunirá trabalhos de artistas brasileiros e Argentinos com curadoria de Bira Dantas e de Cesar Carrizo (convidado especial), que contará sobre suas obras e um histórico do quadrinho nacional Argentino. Em caráter especial em parceria com a editora Criativo, haverá o lançamento do livro “Sketchbook Custom Tributo a Rodolfo Zalla” e de mais 21 livros “Sketchbook Custom” de artistas nacionais.
Comemorado em 30 de janeiro, o “Dia do Quadrinho Nacional” foi criado em homenagem a Angelo Agostini criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869. Para homenagear a data, a AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo) criou, em 1984, o Prêmio Angelo Agostini que visa homenagear e premiar os profissionais brasileiros da arte sequencial.
O QUÊ: 33º Premio Ângelo Agostini QUANDO: 28 de janeiro (sábado), das 13h as 19h ONDE: Memorial da América Latina, Auditório da Biblioteca Latino-americana - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (ao lado do Metrô Barra Funda) Entrada Franca
PROGRAMAÇÃO:
13h - Abertura do evento com a participação de Irineu Ferraz (Presidente do Memorial) Luis Avelima (Diretor do DAC - Memorial) - Apresentação de Lidiany Schuede
13h - Abertura da exposição "Historieta Histórica Argentina-Brasil" – Curadoria: Cesar Carrizo e Bira Dantas.
13h - Abertura do Espaço dos Independentes, do stand da Comix Book Shop, Caricaturas ao vivo e lançamento do livro “Sketchbook Custom Tributo a Rodolfo Zalla” e de mais 21 artistas nacionais de renome.
13h30 – Documentário sobre Rodolfo Zalla – Marcio Baraldi fala da produção do Documentário e de sua convivência com Rodolfo Zalla em seus últimos anos de vida.
14h - Bate-papo: "HQs históricas argentinas e brasileiras". Com a presença de Cesar Carrizo, Natália Forcat, Jozz e Rafa Campos. Mediação: Paulo Ramos.
15h30 – Sorteio de originais de artistas nacionais.
16h - In Memorian – Homenagem da AQC aos artistas falecidos em 2016 – Rodolfo Zalla, Luzardo Alves, J.C. Lôbo, Milson Henriques, Marcus Vinícius de Medeiros
16h15- Entrega dos Troféus Angelo Agostini aos melhores de 2016.
18h – Encerramento
SOBRE ANGELO AGOSTINI:
Nascido em 1843 na cidade italiana de Vercelli , Piemonte, Angelo Agostini foi o primeiro artista de quadrinhos do Brasil e um dos primeiros do mundo. Cartunista, caricaturista, ilustrador e crítico, Angelo Agostini passou sua infância e adolescência em Paris e chegou em 1859 na cidade de São Paulo. Foi o criador da primeira História em Quadrinhos brasileira em arte sequencial e com um personagem fixo, lançada em 30 de janeiro de 1869.

FIM DA VOTAÇÃO DO TROFÉU ANGELO AGOSTINI

A AQC agradece à todos os votos recebidos este ano. O voto livre do público leitor de Quadrinhos, além dos votos dos profissionais da área, só engrandece e populariza este evento já tradicional nos fins de janeiro. Trigésimo terceiro ano consecutivo. Parabéns aos criadores deste prêmio, para sempre na memória do Quadrinho nacional.

15 de dez de 2016

COMEÇARAM AS VOTAÇÕES DO TROFÉU AA

::: ATENÇÃO VOTAÇÕES ENCERRADAS :::


Faça sua lista dos melhores de 2016 (só brasileiros ou estrangeiros residentes e que publiquem no Brasil). Siga as categorias abaixo, faça o loggin no google ou gmail, mantenha a página do google longada e aberta, entre na página do Blog da AQC (link abaixo) e VOTE.
As categorias são: MELHOR LANÇAMENTO DE 2016 MELHOR LANÇAMENTO INDEPENDENTE DE 2016 MELHOR FANZINE SOBRE QUADRINHOS DE 2016 WEB QUADRINHOS MELHOR ROTEIRISTA DE 2016 MELHOR DESENHISTA DE 2016 MELHOR CARTUNISTA ou CARICATURISTA DE 2016 PRÊMIO JAYME CORTEZ (CONTRIBUIÇÃO AO QUADRINHO NACIONAL)
Mais detalhes sobre as categorias nesta postagem:
http://aqcsp.blogspot.com.br/2015/12/informacoes-sobre-o-novo-sistema-de.html
Lembrando que melhor lançamento só pode ser revista n.1, mesmo que a n.2 tenha sido "lançada" com sessão de autógrafos, etc, não vale. A categoria Mestre foi retirada da votação aberta. Apesar da regra que Mestre só ganharia uma vez, os votos eram repetidos, ano após ano (salvo honrosas exceções) nos mesmos já premiados (Mauricio de Sousa, Ziraldo, Chico e Paulo Caruso, etc). E era a categoria menos votada. Assim, decidimos abrir a discussão entre os membros da AQC, para indicar Mestres vivos e que ainda não tenham sido premiados.
O GRANDE HOMENAGEADO
Será o Mestre Rodolfo Zalla, que faleceu em junho de 2016.

PARA SEMPRE ZALLA

Pra participar (como o caricaturista e grafiteiro Uenderson Mendes, imagem acima) vale texto pessoal, desenho, cartum, retrato, desenho estilo mangá, charge, tira ou carica do Zalla. Pode ter os personagens ou só ele, pode ser arte-finalizado ou só no lápis (a arte é preto e branco). A AQC vai homeageá-lo no próximo Troféu Angelo Agostini.
LISTA
A lista abaixo não está atualizada, mas dá pra ter ideia de quem já aderiu ao projeto. Mande sua arte A4 de pé, P/b tons de cinza, até a próxima segunda, dia 19/12. Envie aos emails biradantas2000@gmail.com carloscriativo@gmail.com e marcialsbjunior@gmail.com
TOQUE DA CRIATIVO
Escreveu Carlos da editora Criativo:
"É inegável a importância do grande mestre Rodolfo Zalla para a história da História em Quadrinhos do Brasil. Nós da CRIATIVO, em parceria com a AQC-ESP (Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo) estamos elaborando um álbum [formato 21x28 cm, P/B, com 64 págs., lombada quadrada e orelhas] em homenagem a esta figura tão relevante para todos nós. Até o momento, já recebemos mais de 60 colaborações. Gostaríamos que também você fizesse parte da homenagem, com uma arte sua, a ser enviada para nós até a próxima segunda-feira (dia 19 de dezembro). Essa colaboração não é nada específica quanto à forma ou à norma, mas, sim, algo que seja gerado em seu coração, inspirado em seu talento, e executado por sua mão de artista. Desde já o nosso sincero agradecimento e respeito. Atenciosamente"
Carlos Rodrigues – Publisher
A LISTA
- ADÃO DE LIMA - ALEXANDRE SILVA - ALLAN ALEX - ÁLVARO DE MOYA - AMORIM - BETANIA DANTAS - BIRA DANTAS - BIRATAN - BYRATA - BRUM - CARLOS ALBERTO KENAI - CARLOS ARAÚJO - CAVELAGNA - CLAUDIO DE OLIVEIRA - DADÍ - DENILSON REIS - DENISON - DIEGO NOVAES - DUARTTE - EDER SANTOS - EDUARDO SCHLOESSER - ERNANI COUSANDIER - EVANDRO ALVES - EVANDRO LUIZ - FERNANDO DOS SANTOS - FLOREAL - FRANCO DE ROSA - GAZY ANDRAUS - GILMAR MACHADO - GONÇALO JUNIOR - GUSTAVO MACHADO - GUTO CAMARGO - GUIDACCI - HENRIQUE DE FARIAS - J. BOSCO - JOÃO ANTONIO BUHRER - JOÃO ZERO - JULIO SHIMAMOTO - JÚLIO MAGÁ - LUCAS LIBANIO - LUCIANO MAGNO - LUIS CARLOS FERNANDES - LUIZ CARNEIRO - LULA BORGES - MARCIO BARALDI - MARCOS VENCESLAU - MÁRIO CÉSAR - MELADO - MOACIR TORRES - MORETTINI - NANA - NATALIA FORCAT - NICO - NIVALDO WESLLEY - NOBU SHINEN - OHI - OSWALDO DA COSTA - PAULO BATISTA - PAULO CAPILÉ - PAULO RAMOS - RAFA CAMPOS - RAFAEL SPACCA - RIBA - RICARDO SOARES - RICE ARAUJO - RICO - ROBERTO ELIDIO - RODRIGO BRUM - SERGIO IGRES - SERGIO MÁS - SUZE ELIAS - TAKO X - UENDERSON - VASQS - VETILLO - WILLIAM MEDEIROS - WORNEY ALMEIDA DE SOUZA - XALBERTO