8 de ago de 2011

ILLUSTRATION NOW EM SAMPA - TEX - TONTO - EURO BD - HISTORIETAS - QI


Landamento do livro
ILLUSTRATION NOW! PORTRAITS
Livraria da Vila
Amanha...
Bate papo com o editor da Taschen JULIUS WIEDEMANN e
os desenheiros de plantão GLAUCO DIÓGENES e KAKO.

LIVRARIA DA VILA
Al. Lorena, 1731, Piso Térreo – JARDINS
09 de Agosto de 2011
Terça Feira
Das19hs às 22hs
http://www.kakofonia.com
http://www.brazilcartoon.com.br/blog/ricearaujo/galeria/656
http://www.ilustracaodigital.com

QUADRO-A-QUADRO

http://quadro-a-quadro.blog.br/?p=8714
(Bira Dantas)
Resenhinha do lançamento da revista em Quadrinhos "São Jorge da Mata Escura", em Salvador e em São Paulo.

ZE CARLOS E OS DESENHISTAS DE TEX

http://texwillerblog.com/wordpress/?p=29576
"A Gibicon a dois passos de casa.
Depois da minha longa aventura (numa viagem relâmpago) em Outubro do ano passado para conhecer Fabio Civitelli, na companhia da minha esposa e do meu filho John Lucas, aquando do 17º Fest Comix de São Paulo, agora tive a felicidade de receber o Tex e dois dos seus autores, o mesmo Fabio Civitelli que tinha conhecido em São Paulo, mas também, Lucio Filippucci, num fabuloso evento realizado na minha cidade, Curitiba, capital do Paraná, a Gibicon nº 0.
Foi muito gratificante participar do evento. O Fabio Civitelli e o Lucio Filippucci são grandes personalidades que fizeram a alegria de todos os presentes, desenhando para todos os texianos e eu mesmo que no Fest Comix não tinha conseguido um único desenho original e exclusivo, acabei desta vez conseguindo vários e de ambos os autores, assim como o meu filho , como poderão ver em algumas das fotos que ilustram o texto no blogue do Tex.
Foi fantástica esta primeira Gibicon em que estive presente e onde parecia uma criança já que a felicidade era tanta sobretudo por rever os velhos amigos e conhecer novos amigos e espero que no futuro venham outros eventos similares já que o Civitelli e o Filippucci foram de uma simpatia e disponibilidade únicas: nota 1000 para ambos! Inclusive o meu filho John Lucas também esteve sempre radiante pois teve o seu dia de glória junto dos Mestres italianos, ele que um dia também sonha vir a ser um desenhador profissional."

BUMERANGUE
http://edtonto.blogspot.com

"O velho espírito que anda foi atraído pelo campo gravitacional do universo Pinacoderal da Parahyba e danou-se. Bangalla agora tem eleições, facadas ao vivo, linchamentos e bombas de pregos, e recebemos tudo em primeira mão do jornalista que voa. O Diego Gerlach tem a manha de contar uma história: sem cerimônia alguma somos empurrados pra lá e pra cá e atordoados descobrimos que tem um sentido naquilo tudo e dá vontade de continuar caminhando pelo labirinto. Foi nesse mundo que caiu o pobre fantasminha camarada, ditador de duendes e justiceiro da caveirinha. E ele nunca mais será o mesmo.
O Ano do Bumerangue foi produzida com o auxílio da revista Prego e os coletivos Máfia Líquida e Holístico Extrapiramidal, que o Senhor os ajude. É a primeira revista do Gerlach e vc não pode deixar de escrever a ele e pedir os zines Pinacoderal da Parahyba e Imploda quando se sentir lombrado que valem a pena tanto quanto."
Ano do Bumerangue
21x29,7 cm, 28 páginas, pb, R$12,00
Diego Gerlach

EM PORTO ALEGRE VOCÊ
ENCONTRA TUDO DA TONTO EM:
FUZZ DISCOS
CRISTÓVÃO COLOMBO, 28A
SEG A SEX: 13H AS 18H
SÁBADO: 10H AS 16H
http://WWW.FUZZDISCOS.BLOGSPOT.COM

POSTER MONGA

"Este é Monga, um bárbaro peregrino que está sempre se metendo nas mais hilariantes situações. Veha rir e se esbaldar nas engraçadas aventuras deste personagem criado por Chris Lopes. Abaixo link do blog Lorde Kramus, ainda experimental, mas que já possui muitas informações sobre Lorde Kramus e o mundo da Era Primordial. Visite nossas páginas, veja nossos vídeos e passeie pela nossa galeria de arte, onde grandes talentos emprestam seus estilos para ilustrar o guerreiro Krorher e tornar real o mundo em que vive."
http://lordekramus.blogspot.com/

MUSICA E ILUSTRAS DOS ANOS 20 E 30
http://www.youtube.com/watch?v=2-OKtqJGaW0&feature=related

EURO-DICAS DO PEDRO HUNTER
Para visitar o site do grupo:
http://br.groups.yahoo.com/group/EuroQuadrinhos/
"Primeiro álbum à venda na FNAC.
É mais um trabalho do incansável Jean Luc Istin:
http://www.studiokameleon.com/Istin/dotclear/index.php?category/Collections-Soleil/Space-Opera
Aqui o primeiro (e, por enquanto, único) álbum publicado:
http://soleilprod.com/album/2176/s%C3%A9rie/KHAAL+CHRONIQUES+D%27UN+EMPEREUR+GALACTIQUE/titre/Livre+premier
A dupla Valérie Mangin e Aleksa Gajic (d'O Flagelo dos Deuses, alguém
lembra?) está de volta com uma nova série:
http://soleilprod.com/album/2192/s%C3%A9rie/DRAKKO/titre/La+Treizi%C3%A8me+Horde
Curiosa mistura de fantasia e FC. Gajic parece ter saído um pouco da
"sombra" de Juan Gimenez, que lhe colocava sob um parâmetro de
comparação extremamente desfavorável, o que é um progresso.
Como o site da Soleil é, sem meias palavras, muito ruim, às vezes
descubro essas "surpresas"...A clássica criação de Moebius faz 35 anos e, para comemorar a data,
o blog da Humanoides bota no ar diversos vídeos:
http://www.humano.com/blog/le-blog-des-humanos/id/2994
Destaque para um episódio da série de animação (toda desenhada pelo
próprio Moebius!) e para um vídeo que mostra o autor desenhando o
personagem em menos de três minutos!
Vale dizer que o álbum original, recém-publicado no Brasil pela
Nemo, é bastante recomendado!

XIII
Quando a Panini lançou XIII, O
FINAL DA SÉRIE AINDA NÃO TINHA SIDO PUBLICADO NA FRANÇA!
Quando ele finalmente FOI publicado, a Panini já tinha parado de
publicar sua linha européia.
Eu bem que gostaria que eles fizessem um esforço só para publicar
essas últimas histórias (uma delas com arte do Jean Giraud!), mas
posso entender que eles não queriam refazer o contrato com a Dargaud
só para publicar UMA edição.
O que é uma pena. Eu estive no evento de lançamento dos álbuns na
loja Virgin dos Champs Élysées em Paris e tenho um monte de fotos
legais que poderiam ser incluídas em uma eventual edição. Os três
autores (Van Hamme, Vance e Giraud) estavam lá..."

HISTORIETAS PARA BAIXAR
Ya está disponible el # 21 de la revista NM
http://www.revistanm.com.ar
64 páginas con ciencia ficción, terror y fantasía escrita
originalmente en español, de distribución gratuita.
Cuentos de Neri Osorio, Rekacz, Valitutti, Giorno, Valenzuela, Kiefer,
Lucio Palacio y Santos.
Se la puede leer en línea o descargarla en sus versiones para lectura
sin conexión o imprimible desde "La Hemeroteca
http://www.revistanm.com.ar/content/hemero.html

RESENHA:
Capitão América: O Primeiro Vingador

DIVERSÃO PURA
- por André Lux, crítico-spam
http://tudo-em-cima.blogspot.com/
"O filme é muito bom e, por mais incrível que pareça, não tem nada de patriotadas irritantes pelas quais os estadunidenses são famosos.
Tinha tudo para dar errado mais esta adaptação de um super-herói da Marvel, a começar pelo nome “Capitão América”, que evoca as piores bravatas patrióticas pelas quais os estadunidenses são famosos.
Mas, por incrível que pareça, o filme é muito bom e não tem nada de patriotadas irritantes (que destruíram, por exemplo, “Invasão do Mundo: A Batalha de Los Angeles”). Pelo contrário, deram até um jeito de ridicularizar o herói quando é reduzido a um mero garoto propaganda do exército para angariar dinheiro em bônus de guerra.
O diretor Joe Johston, que veio dos efeitos especiais e não tem lá um currículo muito brilhante (seu filme melhorzinho era “Rocketeer”), até que se sai bem aqui, equilibrando satisfatoriamente cenas de ação com outras mais intimistas que ajudam a gerar simpatia pelos personagens, essencial para que esse tipo de filme funcione.
O desenho de produção é muito bom (bem diferente do horrível “Thor”) e evoca com maestria o clima dos anos 40 (a história passa em plena segunda guerra mundial). Ajuda muito o elenco, principalmente os coadjuvantes, que dão força ao ator principal Chris Evans como Capitão América (aqui num papel bem diferente do arrogante e cheio de si Tocha Humana que interpretou nos filmes do “Quarteto Fantástico”). Mas quem brilha é o sempre excelente Hugo Weaving, o eterno Sr. Smith de “Matrix”, como o vilão Caveira Vermelha.
Os efeitos especiais são bons e na medida certa, o que é sempre uma surpresa já que hoje em dia, depois do advento da computação gráfica, a maioria dos filmes de ficção e aventura desse tipo acabam poluídos pelo excesso deles. O irregular compositor Alan Silvestri, da trilogia “De Volta Para o Futuro”, acerta também ao compor uma trilha musical adequada e sem exageros, muito bem orquestrada e executada, que atua em favor do filme – principalmente nas cenas de ação.
O filme também tem bastante humor (do tipo inteligente, não igual ao “Thor”, onde quase todas cenas cômicas mostravam o herói batendo a cabeça em alguma coisa) e, maior dos méritos, não se leva a sério. Nesses quesitos lembra bastante o “Superman” de 1978, com Christopher Reeve. É diversão pura e sem pretensões além disso. Por tudo isso, vale a pena ser visto."