1 de ago de 2012

Salão Internacional de Humor recebe 3.442 trabalhos


O Salão Internacional de Humor de Piracicaba, um dos maiores do gênero no mundo, recebeu 3.442 trabalhos para a sua 39ª edição, que será aberta em 25 de agosto. Ao todo 845 artistas de 64 países enviaram suas obras, sendo que 2.808 delas chegaram pela internet e 634 por meio dos Correios ou foram entregues pessoalmente.

A análise dos trabalhos acontece no próximo fim de semana, nos dias 4 e 5, no Bristol Center Flat. O júri de seleção é composto pelos cartunistas e ilustradores Luiz Gustavo Paffaro, Antônio Carlos de Paula Júnior, Luiz Carlos Fernandes e Cláudia Lúcia Cabrera Kfouri. Também fazem parte do grupo o professor universitário Celso Figueiredo Neto, a designer Fernanda de Aquino Giulietti e o professor universitário e cartunista Mario Dimov Mastrotti.

Para Eduardo Grosso, presidente do CEDHU Piracicaba (Centro Nacional de Humor Gráfico de Piracicaba), este é um número a ser comemorado. “Fizemos uma mudança no regulamento, por sugestão do júri de seleção da edição anterior. Limitamos em até três obras por categoria, enquanto até 2011 esse número era livre. Por isso, tivemos uma leve redução no número de inscritos”, disse Grosso, ao lembrar que a alteração foi pensada para assegurar mais dinâmica ao processo de seleção.

Em 2011 foram enviados ao Salão 4.032 trabalhos, dos quais 395 foram selecionados para a mostra principal. “Os números de 2012 são importantes e representativos, principalmente se comparado aos outros salões do gênero no país”, completa o diretor do CEDHU Piracicaba. “Só recebemos manifestações de elogios, de que o nosso trabalho está sendo bem feito. Tenho certeza que teremos uma mostra de qualidade em 2012.”

Além do recebimento de obras nas categorias cartum, caricatura, charge e tiras/histórias em quadrinhos, também foram aceitos esculturas e trabalhos utilizando outras plataformas além do papel, desde que tivessem conotação humorística. Este ano será concedido R$ 47 mil aos melhores trabalhos.

Na 39ª edição, a comissão organizadora do Salão também sugeriu aos artistas o desenvolvimento de obras com o tema Intolerância, que concorrerão ao prêmio temático no valor de R$ 5.000.

Inédito na história do Salão, o Prêmio Júri Popular Alceu Marozi Righetto  vai conceder R$ 5.000 ao melhor trabalho, com escolha por meio de votação pública na internet, além doo concurso para o cartaz comemorativo aos 40 anos (R$ 4.000).

O Salão conta também com o Prêmio Aquisitivo Câmara de Vereadores de Piracicaba (R$ 3.131,11), exclusivo para Caricatura, e com o Grande Prêmio Salão de Humor de Piracicaba – Zélio de Ouro, no valor de R$ 10 mil, concedido ao melhor entre os premiados.

Considerado um dos mais tradicionais do mundo, o Salão de Humor terá sua cerimônia de abertura no dia 25 de agosto, no Engenho Central, um dos principais cartões postais de Piracicaba. Realizado pela Prefeitura do Município de Piracicaba, por meio da Secretaria da Ação Cultural, o evento foi criado por iniciativa de jornalistas e intelectuais de Piracicaba, com o apoio de grandes nomes do humor nacional como Millôr Fernandes, Jaguar, Fortuna, Henfil, Ziraldo, Zélio e Paulo Francis, à época responsáveis pelo irreverente Jornal O Pasquim.

PAÍSES – Além do Brasil, os artistas gráficos inscritos na 39ª edição são provenientes da Albânia, Alemanha, Argentina, Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bélgica, Bolívia, Bósnia, Herzegovina, Bulgária, China, Canadá, Cazaquistão, Chile, China, Chipre, Colômbia, Costa Rica, Croácia, Cuba, Egito, El Salvador, Emirados Árabes, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Finlândia, França, Grécia, Holanda, Hungria, Índia, Indonésia, Irã, Israel, Itália, Japão, Lituânia, Macedônia, México, Montenegro, Myanmar, Nigéria, Nova Zelândia, Paquistão, Peru, Polônia, Portugal, Quênia, Reino Unido, República Tcheca, Romênia, Rússia, Sérvia, Sudão, Suécia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Uzbekistão e Venezuela.


Assessoria de imprensa do 
39º Salão Internacional de Humor de Piracicaba