30 de mai de 2012

Vamos Aprender Desenho? - de Jayme Cortez

 O grande mestre dos quadrinhos no Brasil Jayme Cortez publicou nas páginas da “Gazetinha”, em 1949, a série “Vamos Aprender Desenho?”.  Foi um trabalho prolixo e criativo. Cortez experimentou diversas técnicas artísticas e formas diversas de artes gráficas que foram dos quadrinhos às caricaturas. Jayme Cortez exercitou e afinou seu traço nas páginas semanais da “Gazetinha”. Foi um estágio necessário para alçar voos maiores como a editoria e a diretoria de arte da editora La Selva, nos anos 50.          

“Vamos Aprender Desenho?” foi uma experiência interessante de mostrar, de forma didática e simples, os primeiros passos do desenho anatômico clássico. A série, que durou 18 edições em formato tablóide, abarcando vários temas importantes para o aspirante a desenhista. Uma inovação foi a criação do menininho com boné de artista para conduzir os estudos, uma forma (certamente inspirada em manuais americanos) que tornou o estudo mais leve e divertido. Curioso, que Cortez, um jovem imigrante, já pensasse em transmitir sua experiência artística para outros, mesmo ainda se estabelecendo no novo país.

Agora, 25 anos depois de seu falecimento, a editora Criativo republica a série de Jayme Cortez, em um bonito álbum, editado e produzido por Fabio Moraes, pesquisa de Worney Almeida de Souza e textos de Franco de Rosa, que compõe a “Coleção Jayme Cortez”.  De tiragem limitada, o álbum apresenta os elementos mais significativos para o estudo do desenho anatômico clássico: cabeças, proporções, expressões, movimento, paisagens, luz e sombra, ambientação e ilustração de animais.

Mais uma amostra da qualidade e da atualidade do consagrado Jayme Cortez.

“Vamos Aprender a Desenhar” (100 pgs., tamanho: 17 x 23,5 cm, p&b, lombada quadrada, R$ 29,90, à venda pela internet: http://www.comix.com.br/)
                                            

  Worney Almeida de Souza