17 de mai de 2011

ALAIN VOSS, O ETERNO MUTANTE GENIAL, NOS DEIXOU...



(Bira Dantas)
Caramba, estou sem palavras.
Recebi a noticia pelo Ricardo Antunes, informado pelo Jal.
Sempre que via suas ilustras no Le Monde Diplomatique Brasil, pensava: "Puxa, esse Monstro das Artes voltou a Terra Brasilis!"
Arte final impecavel, seculos antes de inventarem o computador, suas hachuras eram de fazer inveja a qualquer ilustrador.
Suas capas dos Mutantes, aulas de composicao grafica.
Seus Quadrinhos, obras-primas, a altura dos maiores de todos os tempos.
Infelizmente nao o conheci, uma pena.
Hoje estou muito triste.

Jal:
"Soube hoje que às 18h00 o desenhista naturalizado brasileiro, Alan Voss,
faleceu em um hospital público de Portugal. Ele havia voltado há dois anos
para o Brasil após sua recuperação do AVC de alguns anos atrás e sua
separação da esposa. Mas seu estado de saúde não era bom e sua enteada veio
buscá-lo para ficar em Portugal. Ele não resistiu à crise que tomou seu ser
nos últimos anos.
Voss e Sergio Macedo foram os pioneiros do Brasil em publicar na europa na
revista de maior projeção internacional dos anos 70 - Metal Hurlant. Na
mesma época Jo Oliveira, também publicava na Itália seus quadrinhos ao
estilo das xilo do cordel. Voss chegou a ganhar em 1982 o prêmio de melhor
álbum de hq da Europa.
Abaixo uma entrevista que realizaei anos atrás (creio que em 2004) quando
ele planejava voltar ao Brasil."
JAL

Alan Voss de volta aos Quadrinhos
http://www.hqmix.com.br/index2.php?option=com_content&do_pdf=1&id=16
O cara é fera mundial das HQs, Está ao nível de um Moebius, seu amigo, e
ficou fora dos quadrinhos durante um período em que esteve em Portugal, Vive
de ilustrações para a área publicitária, Certa vez pediram pra ele criar
monstrinhos para serem transformados em bonequinhos que viriam dentro da
lata de cereais matinais, Voss não teve dúvida, chamou o filho com seus
então dez anos de idade para criá-los, Deu uma mexida e o resultado foi um
sucesso, Voss é assim, gosta de curtir um trabalho como se estivesse
produzindo um violino Stradivarius e se não curte consegue ao menos se
divertir, Sempre lembrado pelos desenhistas como um incentivador de novos
valores foi responsável pela descoberta de alguns deles como o Líbero
Malavoglia, por exemplo, Morou no Brasil durante muitos anos e foi um dos
primeiros, junto com Sérgio Macedo a se internacionalizar pelo caminho
europeu, Nascido na França, Voss é brasileiro mais que francês e está na
dúvida se volta a morar por aqui ou em Orleans na França, Mas o que prova o
amor pelo que faz é que há poucos dias teve um acidente vascular e acordou
com o lado direito do corpo paralisado, Ainda em recuperação continuou a
desenhar seu álbum, graças à tecnologia da computação e que vocês podem
degustar com exclusividade em nosso site, Voss e sua maravilhosa família
sabem viver,

*1- Alan Voss, você é um dos fundadores dos Humanóides Associados,
responsável pela histórica revista Metal Hurlant, Como está agora esse
mercado para uma revista como aquela? A ficção científica já não é mais a
mesma nos quadrinhos?*

*R:* Eu não sou um dos fundadores da Metal Hurlant, mas fiz parte da
primeira equipe, A ficção científica, na minha opinião, está seguindo a
mesma evolução que o cinema, muitos efeitos especiais e pouco conteúdo,
Alguns desenhistas com traço fabuloso e cores maravilhosas mas que com tanto
virtuosismo tecnico-tecnoló gico acabam por perder um bocado de
espontaneidade, mas acho que impressiona, As vezes sinto falta de
referencias mais reais nessas BDs, No fim, acho que criar BD de ficção
científica é fácil demais, posso dizer isso pois já pratiquei esse gênero, A
Metal Hurlant, hoje, não me agrada muito, muito dirigida para o público
americano, e prá ser sincero, não curto muito super herois, deve ser a
idade, Acho que já é hora da BD trazer algo mais profundo, algum tipo de
consciência mesmo "light", Isso não impede quadros com muita ação,

*2- E agora, como estão os artistas que participaram dessa fase? Você tem
contato com todos?
*R:* Só converso de vez em quando com o Jean Giraud, o Moebius, Os
outros,não sei onde estão, alguns foram para a ilustração, outros pararam...
(LEIA TODA A ENTREVISTA NO LINK ACIMA)

ALAIN VOSS NO DEVIANT
http://alain-voss.deviantart.com

NO UNIVERSO HQ
http://www.universohq.com/quadrinhos/2011/n16052011_07.cfm

NO G1
http://g1.globo.com/pop-arte/noticia/2011/05/morre-em-portugal-o-desenhista-brasileiro-alain-voss.html

NA REVISTA UNICA
http://www.who.pt/newsletter/n44/newsletter44.html

NA LAMBIEK
http://www.lambiek.net/artists/v/voss_alain.htm
Alain Voss, or Al Voss, was born in Brazil, but lives in France. Since the mid-1970s he was present in Métal Hurlant with comics like 'Heilman', 'Tobiaze' and a series of parodies called 'Parodies de Al Voss'. These persiflages on famous comic heroes like 'Popeye', 'Asterix', 'The Smurfs', 'Blueberry' and 'Superman' were collected in albums by Les Humanoïdes Associés. Voss was also sporadically present in Charlie Mensuel and Mormoil.