14 de dez de 2015

ACADEMIA BRASILEIRA DE HQ DE PORTAS ABERTAS NO RIO DE JANEIRO

A AQC-SP parabeniza Agata Desmond e todos os envolvidos na inauguração da sede da Academia no Rio. Sabemos que é um trabalho hercúleo e que necessita muito fôlego e paciência. As críticas são naturais e devemos nos ater ao compromisso maior: lutar pelo Quadrinho nacional e pela estruturação de um mercado de vulto que prestigie os quadrinhistas. No dia 01 de outubro de 2015, a ABRAHQ começou definitivamente seus trabalhos, com sede na Rua do Bispo, 83, Rio Comprido, na cidade do Rio de Janeiro, em local reservado dentro da Universidade Estácio de Sá.
O evento de inauguração que ocorreu o dia todo, das 10 da manhã em diante foi sacramentado com um coquetel às 19 horas, reunindo leitores e amantes de HQs na Gibiteca Edmundo Rodrigues, além da presença de vários veteranos e jovens artistas como; Paulo Alves (criador da Turma do Guaraná), Walmir Amaral (desenhista do Fantasma), Gabriel Rocha (criador do Lagarto Negro), Elenildo Lopes (criador do Protocolo: A Ordem), Johnny Fonseca (desenhista do Blenq) e Rod Gonzalez (criador do Blenq). Todos recepcionados pela simpática presidente da organização; Agata Desmond.
A ABRAHQ já começa suas atividades convidando artistas de todo o Brasil para uma Exposição Rotativa, onde os trabalhos deverão ser entregues no endereço acima, em folha A4, colorido ou em PB, contendo as seguintes informações; pseudônimo, cidade e idade do autor.
Para mais informações consulte a Fan Page da ABRAHQ no link:
http://www.facebook.com/Academia-Brasileira-de-Historia-em-Quadrinhos-1589270674641607 Nas fotos estão o Batman e alguns dos fantoches da Academia Brasileira de Histórias em Quadrinhos usados nas visitas escolares. Gostou da idéia?? Então, é só marcar a visita da sua escola. Você pode também participar da Exposição Rotativa, enviando a sua arte tamanho A4. Contatos por email:
academiabrasileiradehq@gmail.com
ABRAHQ NA UOL: http://noticias.uol.com.br/opiniao/coluna/2015/11/01/com-a-tecnologia-comprar-gibi-na-banca-virou-coisa-de-colecionador.htm