5 de jul de 2013

O rebuliço apaixonante dos fanzines


Imagem inline 1


Imagem inline 2O rebuliço apaixonante dos fanzines é
uma adaptação da dissertação de
Mestrado de Henrique Magalhães, defendida
em 1990 na Escola de Comunicação
e Artes da USP, São Paulo. O texto aborda
a história dos fanzines desde sua origem,
no final da década de 1920 nos Estados
Unidos, mas estuda prioritariamente a
produção brasileira, desde 1965, quando
iniciou-se, até o final da década de 1980.
Além da história dos fanzines, Henrique
descreve seus momentos de esplendor
e crise, até a incansável busca de
perspectivas e saídas para a produção. A
introdução do livro faz um estudo sobre
imprensa alternativa e as publicações reflexivas
do mercado. Apesar de o trabalho
ter o recorte temporal até o final da
década de 1980, aponta as tendências que
se confirmariam no decorrer da década
seguinte, como a retomada da produção
e o aperfeiçoamento técnico com a disseminação
da informática.

A terceira edição do livro traz ampla
revisão do texto e reformulação estrutural,
além do reforço no aspecto iconográfico,
que se considera essencial para o estudo
desse tipo de publicação
 
Abraço, Henrique