7 de mar de 2012

A Técnica do Desenho de Jayme Cortez

(Por Worney Souza)
Há 25 anos falecia Jayme Cortez Martins. Português de Lisboa nasceu em oito de setembro de 1926 e começou a esboçar seus primeiros traços no semanário “O Mosquito” e teve como espelho e professor Eduardo Teixeira Coelho. Veio para o Brasil, em março de 1947, tentar ganhar a vida com sua arte. A partir daí construiu uma das mais sólidas carreiras do quadrinho, da ilustração, da edição e da publicidade no Brasil. Aglutinador, Cortez foi o responsável por centenas de revistas em quadrinhos com autores nacionais, durante as décadas de 50 e 60, quando era editor e diretor de arte. Foi cartazista de cinema de mão cheia (criou a maioria dos cartazes dos filmes de Mazzaropi e de Zé do Caixão), ilustrador e capista de livros (ilustrou toda a obra de José Mauro de Vasconcelos) e criou as mais belas capas de revistas de terror para as editoras La Selva, Outubro e Continental.
Durante sua produtiva vida profissional Jayme Cortez publicou três livros essenciais para todo aquele que quer se aprofundar no traço anatômico (“A Técnica do Desenho”, de 1965, “Mestres da Ilustração”, de 1970 e “Manual Prático do Ilustrador”, de 1973). Cortez tinha como diretiva o trabalho com modelos vivos (alguns eram amigos ou parentes) e um estilo clássico inconfundível, mas que também desenvolvia com rara habilidade o traço infantil e o caricatural. Cortez era um aglutinador e foi um dos fundadores da Associação dos Quadrinhistas e Caricaturistas do Estado de São Paulo (AQC-ESP) em defesa do mercado e do autor nacionais. Querido por várias gerações de artistas, sua obra foi pouco estudada e estava adormecida. Para preencher essa lacuna a editora Criativo lançou o álbum “A Técnica do Desenho” de Jayme Cortez. Uma reedição, ampliada, adaptada e rediagramada do primeiro livro do mestre. Dividido por temas (anatomia masculina, feminina, cabeças, natureza, animais, objetos, desenho infantil e técnicas diferenciadas), o álbum tem ainda uma extensa biografia do mestre (do editor Worney Almeida de Souza) e um texto analítico do traço do mestre (do artista Franco de Rosa). Em edição limitada “A Técnica do Desenho” tem apoio cultural de ArtCamargo e da Comix Book Shop e é um ótimo retrato de um dos melhores e mais influentes autores da arte quadrinhizada e ilustrada no Brasil, o eterno e estimado Jayme Cortez.

Worney Almeida de Souza

Serviço: “A Técnica do Desenho” de Jayme Cortez (17 x 23,5, p&b, 100 pgs., lombada quadrada, R$ 29,90) Vendas; Comix Book Shop (http://www.comix.com.br/)